Archive for category: Cultura


Quando é que será que o cérebro vira moda no mundo do Surf?!

Quando é que será que o cérebro vira moda no mundo do Surf?!

No processo de criação de soluções para o melhor sistema de ensino de todas as competências que considero imperativo passar aos praticantes da Good Surf Good Love, 

num processo de inúmeras horas de estudo, 

milhares de euros investidos em cursos e livros, 

numa coleção interessada dos valores da comunidade mais original possível, 

na transferência de valores de outros desportos, que só agora começam a chegar ao Surf, 

na experiência com mais de 20 mil alunos, em mais de 26 anos que comecei a fazer Surf e a aprender com os outros, há mais de 22 anos, quando tirei o Curso de Treinadores e comecei a ensinar Surf, no Ericeira Surf Camp e depois com o meu Treinador na sua Escola na Ericeira, 

que recolhi e fui testando o que me trouxe até ao Método Inês Tralha. 

Muitas vezes pensei se lhe chamava Método Good Surf Good Love, mas não. O Método, é mais antigo que a Good Surf Good Love, que apesar de ser uma das primeiras 10 academias de Portugal, teve de beber da minha experiência pessoal, que transparece os meus valores pessoais, que na verdade fazem um match perfeito com os valores desportivos: 

  • Responsabilidade
  • Espírito de equipa
  • Disciplina
  • Tolerância
  • Perseverança
  • Humanismo
  • Verdade
  • Respeito
  • Solidariedade
  • Dedicação
  • Coragem

Quando formo os Treinadores Good Surf Good Love com o Método Inês Tralha, nem sempre é fácil passar valores específico do Surf, a quem chegou ao Surf quando este já tinha este cenário de excessos permitidos e de verdadeira desorganização e desorientação. Quando não tiveram nenhum tipo de formação desportiva (se não praticaram outros desportos, formalmente) ou académica, então é como ensinar-los a andar. Se já deram uma aulas de Surf por aí, então tudo se complica, porque aqui existe um método! 

Quando tudo tem um princípio meio e fim, e uma razão de ser, e estes Treinadores são humildes e interessados em aprender, então tudo fica fácil. 

Esta é um pequeno cheirinho do Método Inês Tralha.

Enquanto Diretora Técnica e Pedagógica de 3 Cursos Certificados de Treinadores de Surfing – Grau I, tentei passar alguns destes valores, mas com uma taxa de sucesso bastante medíocre, porque no mundo do Surf, já toda a gente sabe tudo e não se forma para saber mais e ser melhor, mas para ter um papel, que lhes permita andar mais à-vontade nos seus trabalhos mais ou menos legais,… (Siiiim, não há regra sem excessão. Mas infelizmente, esta é a regra que mais impera.)

 

Ainda assim, tenho esperança que este vídeo com uma pequena amostrinha do Método Inês Tralha, que se pratica na Good Surf Good Love, ajude alguns Surfistas, Monitores, Instrutores ou Treinadores que dão umas aulas, a serem melhores mais respeitadores do Surf enquanto prática e modalidade Desportiva, e pratiquem cada vez mais os valores desportivos, pois agora o Surf não é só uma atividade de marginais ou uma vida de sonho. 

É uma atividade onde é possível fazer carreira! Carreira essa, promissora apenas para aqueles que querem ser melhores. Carreira essa, em que definitivamente, profissionais tenham de se qualificar todos os anos, melhorar-se todas as épocas, ter brio, estudar, formar, desta vez, não para ter um papel na mão, mas para terem mais informação cientifica na cabeça. 

 

Read tis in english:

Lições de mar

👀  Em dias de mar perfeito como este, até fica fácil ler o mar.
Mas na verdade, a leitura de mar não se resume a dias perfeitos e de mar pequeno.
⛱  Nos dias de mar pequeno ou mesmo sem ondas continuam a existir correntes, por exemplo.
Como já tenho referido, existem padrões: junto a pontões por exemplo, onde alguns banhistas de Verão, gostam de ir dar o seu mergulho, por ser uma zona sem ondas. Esta é das zonas mais perigosas para um banhista, pois é uma zona de corrente que nos puxa para o mar (para o outside). Mas é a zona que os surfistas usam para chegar à zona de apanhar ondas.
⏳  Conhecer o mar, exige muitas horas de prática, seja a mergulhar, seja a observar, seja a fazer carreirinhas (body Surf), ou a fazer alguma prática com pranchas. Os livros e esquemas como estes ajudam, mas não são suficientes, até porque o próprio esquema aqui descrito, pode variar a cada grupo de ondas, e conforme a maré sobe ou desde.
🏋🏼‍♂️  No desporto, usamos um princípio muito importante: eficiência! E eficiência é tão simples como chegar a um objetivo com o mínimo custo possível.
Muitas vezes as pessoas, gastando exatamente o mesmo budget, preferem investir em material barato, emprestado e desadequado, e a aprender sozinhos. 🙄🙅‍♀️
👧🧒🏻  Se forem crianças, que ainda têm todo o tempo do mundo, chegam eventualmente a bom porto. No entanto um adulto, pode estar a condenar a sua aprendizagem, por escolher um caminho mais penoso e com mais obstáculos.
🎖  O que quero dizer é que, numa Escola, encontram o equipamento que podem ir trocando à medida que vão evoluindo, e terão, com certeza, acesso a uma metodologia passo a passo, para que não precipitem ou mesmo condenem a aprendizagem e/ou evolução. Não esquecendo nunca a segurança e respeito pela prática dos outros, escolhendo o local ajustado para o vosso nível.